Negócios

S&P 500 fecha em queda ao fim de mais uma sessão volátil

S&P 500 fecha em queda ao fim de mais uma sessão volátil

Operadores na Bolsa de Nova York, EUA

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) – Wall Street oscilou violentamente nesta quinta-feira, e o índice S&P 500 mais uma vez evitou o território de correção ao término de uma sessão marcada por rali, liquidação e recuperação, conforme investidores lidaram com notícias econômicas positivas, balanços corporativos mistos, tensões geopolíticas e a perspectiva de um banco central norte-americano mais agressivo contra a inflação.



Todos os três principais índices de ações dos EUA foram abalados por incertezas nos últimos dias e mostraram amplas variações e maior volatilidade.

As smallcaps (empresas de menor capitalização de mercado) tiveram uma situação mais difícil, com o índice Russell 2000 agora mais de 20% abaixo da máxima alcançada em 8 de novembro, confirmação oficial que o índice está em “bear market” (mercado em baixa).

Entre uma série de dados econômicos divulgados nesta quinta-feira, os resultados preliminares do Departamento de Comércio sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre mostram que a economia dos EUA cresceu em 2021 no ritmo mais rápido em quase quatro décadas.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



Os números vieram um dia depois de fortes oscilações nos mercados na esteira da aparente sinalização do chefe do banco central dos EUA, Jerome Powell, sobre a possibilidade de mais altas dos juros neste ano do que o esperado anteriormente, começando a partir de março.

O índice S&P 500 fechou em queda de 0,54%, a 4.326,51 pontos. O Dow Jones caiu 0,02%, a 34.160,78 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuou 1,4%, a 13.352,78 pontos.

Dos 11 principais setores do S&P 500, cinco terminaram no vermelho. As ações de consumo discricionário sofreram a maior queda percentual.

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI0Q10Y-BASEIMAGE



Tópicos

Updated