Ciência

Sonda espacial japonesa Hayabusa 2 iniciará seu retorno à Terra

Sonda espacial japonesa Hayabusa 2 iniciará seu retorno à Terra

Imagem divulgada pela agência espacial japonesa (JAXA) e tirada em 11 de julho de 2019 pela sonda Hayabusa 2, quatro segundos antes de descer no asteroide Ryugu - ISAS-JAXA/AFP/Arquivos

A sonda espacial japonesa Hayabusa 2, que está na órbita do asteroide Ryugu, iniciará nesta terça-feira sua viagem de retorno à Terra, anunciou nesta terça-feira o ministro japonês de Educação e Ciências, Koichi Hagiuda.

A Hayabusa 2 deverá trazer dados que fornecerão informações sobre a formação do sistema solar. A chegada à Terra de uma cápsula com os materiais coletados em Ryugu está prevista para daqui a um ano.

A longa viagem começará às 01H05 GMT de quarta-feira (22H05 desta terça-feira em Brasília), segundo a Agência Espacial Japonesa (Jaxa).

“Acreditamos que a Hayabusa 2 fornecerá novos conhecimentos científicos”, disse à imprensa o diretor do projeto, Yuichi Tsuda.

A sonda trará para a Terra “carbono e matéria orgânica”, que proporcionarão dados sobre “como a matéria se distribui através do sistema solar, os motivos de sua presença no asteroide e sua relação com a Terra”, detalhou.

Este ano a Hayabusa 2 conseguiu em duas ocasiões pousar em Ryugu, um asteroide situado atualmente a 250 milhões de quilômetros da Terra, mas que dentro de 14 meses passará a apenas nove milhões de quilômetros. Quando a sonda desceu, Ryugu estava a mais de 300 milhões de km da Terra.

A sonda coletou amostras de poeira deste asteroide de 900 metros de diâmetro e cuja origem remonta ao nascimento do sistema solar, há cerca de 4,6 bilhões de anos.

A viagem para Ryugu levou três anos e meio, mas a volta deve ser mais rápida devido à maior proximidade das posições orbitais atuais da Terra e desse asteroide.