Geral

Sobreviventes do Covid-19 produzem anticorpos que atacam o corpo

Crédito: Pexels

Um estudo da Universidade de Emory revela que alguns sobreviventes da Covid-19 carregam anticorpos que têm como alvo o material genético das células humanas (Crédito: Pexels)

Um estudo publicado por pesquisadores da Universidade de Emory, nos Estados Unidos, revela que alguns sobreviventes da Covid-19 carregam “autoanticorpos”, que têm como alvo o material genético das células humanas em vez do vírus. Esta resposta “imunológica” pode deixar o paciente com Covid-19 em estado grave. Também explicaria por que alguns sobreviventes têm problemas persistentes meses depois da cura e do vírus ter desaparecido de seus corpos.

Foram analisados 52 pacientes com Covid-19 grave internados no sistema de saúde Emory, em Atlanta (EUA), sem histórico de doenças autoimunes. Foram detectados autoanticorpos em quase metade dos pacientes. Entre os mais graves, 70% tinham autoanticorpos, de acordo com as informações divulgadas pelo site R7.

+ Wuhan, berço da Covid-19, recebe milhões de turistas em semana festiva 
+ Fabricante de anticorpos sintéticos contra a covid-19 publica resultados positivos

Essa memória de autoanticorpos ocorre também nas doenças autoimunes, afirma o estudo. A descoberta pode contribuir para o tratamento da covid-19 pois ajuda a identificar pacientes que possam se beneficiar de tratamentos usados para doenças autoimunes, como Lúpus e artrite reumatoide. Essas doenças ainda não têm cura, apenas tratamentos que reduzem a frequência e a gravidade das crises.

Normalmente, os linfócitos T são capazes de reconhecer e combater o vírus, mas em doenças autoimunes como o lúpus, em vez disso, elas produzem autoanticorpos que se confundem com o vírus – algo que ocorre de forma semelhante com a covid-19, aponta o estudo.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?