Giro

Site dos EUA paga R$ 13 mil para quem assistir 25 filmes de Natal

Crédito: Pixabay

Assistir 25 filmes de Natal em 25 dias: maratona que pode render US$ 2,5 mil (Crédito: Pixabay)

Se você é daquelas pessoas que adora assistir filmes com a temática natalina e quer ganhar um dinheiro com isso, o site Reviews.org está com uma oportunidade bacana para quem topar assistir 25 filmes de natal em 25 dias. Em troca, a pessoa recebe US$ 2,5 mil (cerca de R$ 13 mil) e um extenso pacote de assinaturas anuais nos principais serviços de streaming do mundo, como o Netflix, Hulu (disponível somente nos Estados Unidos), Amazon Prime, Disney+, HBO Max e Apple TV+.

Segundo o Reviews, o funcionário temporário terá que assistir a 25 filmes de natal da sua escolha, mas alguns são recomendados na listinha. É o caso de “Esqueceram de Mim”, “Um Duende em Nova York”, “Expresso Polar”, “O Grinch” e o “O Natal do Charlie Brown”.

+ OMS diz que ‘aposta mais segura’ é renunciar às festas de Natal e ano-novo
+ Doze milhões de desempregados americanos podem perder benefícios após o Natal

Após isso, o cinéfilo terá que escolher qual é o melhor filme de todos e preencher um formulário para cada um dos 25 filmes, indicando quais reações foram evocadas ao assistir aquele trabalho.



As inscrições podem ser feitas no site da Reviews até o dia 4 de dezembro. É preciso ser maior de 18 anos e ter permissão para trabalhar nos EUA. O resultado do vencedor será anunciado no dia 7 de dezembro.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel