Economia

Sindipetro RJ se nega a assinar acordo do TST e vai aderir à greve na 2ª-feira

O Sindipetro RJ, sindicato de empregados da Petrobras ligado à Federação Única dos Petroleiros, não assinou o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019 mediado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e informou que vai aderir à greve que será deflagrada sábado (26) pela Federação Única dos Petroleiros (FUP).

Segundo o sindicato do Rio, o “rito de assinatura acontece na medida em que há consenso entre as partes”, o que não houve no caso da discussão sobre o acordo salarial da categoria.

O Sindipetro RJ realizará assembleias entre os dias 26 e 28 de outubro para preparar a adesão à greve na próxima segunda-feira, depois de ter comunicado à Petrobras nesta sexta-feira, conforme determina a lei.

A Petrobras disse que ainda tenta evitar a greve, mas que se for deflagrada tomará medidas para evitar impacto na produção e no abastecimento, porém não deu detalhes.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel