Negócios

Sindicato e Volkswagen acertam redução de jornada e salários em fábrica em SP

Crédito: Reprodução/Divulgação

A medida será aplicada no retorno das férias coletivas de 10 dias dos trabalhadores da produção, marcadas para entre 27 de junho e 7 de julho. (Crédito: Reprodução/Divulgação)



SÃO PAULO (Reuters) – A Volkswagen vai reduzir em 24% a jornada de trabalho dos funcionários de sua principal fábrica no Brasil, em São Bernardo do Campo (SP), e cortar salários em 12% a partir de julho, informou nesta quarta-feira o sindicato de metalúrgicos local, que aceitou o plano diante da falta de autopeças e componentes eletrônicos para a montadora.

A medida será aplicada no retorno das férias coletivas de 10 dias dos trabalhadores da produção, marcadas para entre 27 de junho e 7 de julho, afirmou a entidade.

+ Funcionário recebe R$ 1 milhão de empresa por engano, pede demissão e foge

Procurado, o sindicato informou que o plano “vai ser avaliado mês a mês” e que o fim da medida dependerá do fluxo de fornecimento das peças para a montagem dos veículos da marca.




Segundo o diretor administrativo do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wellington Damasceno, a montadora pretendia suspender um turno como opção devido a falta de peças.

“Negociamos a redução de jornada justamente pelo impacto que a decisão teria, não só para os trabalhadores na Volks, mas para a cadeia de produção, principalmente para os terceiros”, afirmou Damasceno, em comunicado. “É a melhor ferramenta que temos para o momento, que será avaliada mês a mês e pode sofrer alterações até a normalização da situação”, acrescentou.

A montadora tem cerca de 8,2 mil trabalhadores em São Bernardo do Campo, dos quais 4,5 mil na produção.


Em nota, a Volkswagen confirmou ter acertado com o sindicato a flexibilização da jornada para o mês de julho, “em razão da falta de componentes”.

 

(Por Alberto Alerigi Jr., com reportagem adicional de Gabriel Araújo)






Tópicos

99 99 app 99 uber acordo com os motoristas e cobradores aplicativo de mobilidade uber aplicativo de transporte Uber app 99 app Uber Assembleia atestado médico aumento real base de motoristas em alta capital paulista carta do presidente-executivo categoria motoristas cobradores cobradores cobradores ônibus Confirmada greve de motoristas de ônibus em São Paulo? convenção coletiva corte de gastos com marketing e incentivo custos do transporte de passageiros Dara Khosrowshahi decisão liminar demonstrações financeiras Uber desaceleração da Uber desaceleração de contratação da Uber ebitda empresa de transporte de passageiros empresários empresas concessionárias fim da hora de almoço não remunerada fim das nomenclaturas no setor de manutenção fim do desconto no vale refeição fluxo de caixa Uber frota garantia da data-base gastos menos eficientes com marketing e incentivo serão retirados greve Greve canelada greve cobradores ônibus Greve cobradores SP cancelada greve de motoristas cobradores Greve de motoristas ônibus São Paulo Greve de motoristas ônibus SP greve de motoristas SP Greve de ônibus greve de ônibus em São Paulo greve de ônibus em sp greve dos motoristas de ônibus greve faz preço apps transporte dobrar greve motoristas cobradores greve motoristas ônibus greve motoristas ônibus São Paulo Greve motoristas ônibus SP greve motoristas SP cancelada grupo local de distribuição não havia sido afetado até as 6 horas horários de pico inflação Justiça do Trabalho mais deliberados sobre quando e onde aumentar o número de funcionários melhorias no plano de saúde menor alta nas contratações Ministério Público do Trabalho motoristas motoristas e cobradores de ônibus da cidade de São Paulo Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo greve Motoristas e cobradores de ônibus de SP Motoristas e cobradores ônibus SP greve Motoristas encerram greve de ônibus Motoristas ônibus mudança sísmica no sentimento dos investidores multa diária negociações salariais negociações trabalhistas ônibus operação dos ônibus operação em todas as garagens dos grupos estrutural e de articulação regional foi interrompida operação todas garagens dos grupos estrutural e de articulação regional foi interrompida operadores de ônibus paralisação cobradores ônibus paralisação do transporte público urbano por ônibus paralisação motoristas ônibus participação nos lucros pedir uber perda no primeiro trimestre poder público população de são paulo preço transporte aplicativos preço transporte apps dobram greve preços variam acordo demanda Uber preços variam demanda prefeitura presidente do Sindmotoristas proposta salarial queda em contratações da Uber reajuste reajuste inferior à inflação reajuste salarial reajustes no vale refeição recuperação no número de corridas recursos para subsidiar os custos do transporte de passageiros Redução na contratação da Uber resultados da Meta salários salários dos trabalhadores São Paulo greve de motoristas São Paulo greve de motoristas cobradores São Paulo tem greve de motoristas São Paulo Transporte Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo Sindicato dos Motoristas Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo Sindmotoristas site CNBC SP SP greve motoristas cobradores SPTrans trabalhadores transporte transporte aplicativos transporte de passageiros transporte por apps Uber uber - reclame aqui uber aplicativo uber assaltos uber brasil uber combustíveis uber dificuldades uber login uber motorista Uber online Uber países Uber preços dinâmico demanda Uber preços dinâmicos Uber preços variam acordo demanda uber reclamações Updated Urbanuss Vai ter greve de cobradores de ônibus em São Paulo? vai ter greve de motoristas de ônibus em São Paulo? Valdevan Noventa valor de corrida por aplicativo mais que dobra veículos já estão saindo das garagens