Negócios

Shell alerta para incertezas do coronavírus e volatilidade do petróleo

Crédito: AFP

Logo da Royal Dutch Shell em Londres, na Inglaterra (Crédito: AFP)


A Royal Dutch Shell disse hoje que vem enfrentando “significativas incertezas” ligadas à pandemia de coronavírus e à recente volatilidade dos preços do petróleo, mas que detém forte liquidez para superar crises.

A petrolífera anglo-holandesa prevê uma baixa contábil de US$ 400 milhões a US$ 800 milhões no primeiro trimestre em função das oscilações do petróleo.

+ Petróleo em baixa e incerteza sobre quarentena nos EUA levam dólar a R$ 5,18
+ Covid-19 congela demanda de petróleo e barris estão sobrando pelo mundo

A empresa também espera que suas margens de refino caiam no primeiro trimestre ante o anterior, mas ressaltou que suas margens de comercialização permanecem fortes, apesar da pandemia.

A Shell disse ainda que pode alavancar um total de US$ 40 bilhões em liquidez. Fonte: Dow Jones Newswires.