Economia

Setor de motos retornou ao nível de 12 anos atrás

O mercado total de motos caiu 26,5% em 2016 ante o ano anterior, para 899,8 mil unidades. “Foi a primeira vez, desde 2004, que o mercado ficou abaixo de 1 milhão de unidades”, diz Marcos Fermanian, da Abraciclo.

Em relação a 2011, quando o mercado total de motocicletas teve seu auge, com quase 2 milhões de unidades, as vendas no ano passado recuaram 54%. A queda no segmento premium foi de 13% na mesma comparação. Naquele ano, foram vendidas 46,2 mil motos de luxo, número que foi a 48,9 mil em 2012, a 50,9 mil em 2013 e a 56,1 mil em 2014. No ano seguinte, caiu para 53,4 mil e, em 2016, para 40,1 mil.

Fermanian projeta estabilidade para o mercado total de motos este ano. “O segmento depende de crédito e só contrai financiamento quem acredita que vai continuar empregado.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

motos queda setor vendas