Agronegócio

Sete frigoríficos argentinos suspendem exportação para China de modo voluntário

São Paulo, 16 – Sete frigoríficos argentinos de carne bovina e de frango suspenderam independentemente a exportação de seus produtos para a China, informou o Departamento de Alfândegas do país (GAAC, na sigla em inglês). Em 1º de julho, outra planta argentina já havia tomado o mesmo procedimento.

Em meio à uma onda de vetos da China, algumas empresas vêm optando por banir voluntariamente a comercialização para o país. O GAAC também informa que uma empresa australiana suspendeu independentemente as vendas externas de carne bovina para o país.

A necessidade de aumentar o controle sanitário em decorrência da covid-19 é o motivo alegado extra-oficialmente pelo governo chinês para a suspensão temporária de frigoríficos de vários países.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?