Geral

Serviço de nuvem impulsionam lucros da Microsoft no último trimestre

Companhia superou em US$ 1 bilhão expectativa de lucro entre abril e junho, somando US$ 33,7 bilhões, 12% a mais do que o mesmo período do ano passado

Serviço de nuvem impulsionam lucros da Microsoft no último trimestre

Nos últimos 12 meses, a casa do Windows somou uma receita de US$ 125,8 bilhões, 14% a mais que o ano passado

A Microsoft superou em quase US$ 1 bilhão a previsão de lucro do último trimestre encerrado em junho, somando US$ 33,7 bilhões, 12% a mais do que o mesmo período do ano passado, e acima dos US$ 32,8 bilhões estimados pelos analistas. A empresa ainda reportou lucro de US$ 1,37 por ação, enquanto a previsão era de US$ 1,21.

O fim de junho também marca o encerramento do ano fiscal para a Microsoft. Nos últimos 12 meses, a casa do Windows somou uma receita de US$ 125,8 bilhões, 14% a mais que o ano passado, e lucro de US$ 39,2 bilhões, um acréscimo de 137%.

A tecnologia de nuvem foi o principal impulsionador dos números. Apesar de todas as áreas apresentarem melhoria, os projetos Azuere, Office 365 e Division 365 tiveram alta expressiva de 39% em comparação com o ano passado, representando US$ 11 bilhões. A Azure ainda teve um desempenho mais fraco no último trimestre em comparação ao anterior, com margem de crescimento de 64% e 73%, respectivamente.

“Foi um ano fiscal recorde para a Microsoft, resultado de nossas profundas parcerias com empresas líderes em todos os setores”, disse o CEO da empresa, Satya Nadella.

Tópicos

Microsoft