Política

Senado vota hoje a volta da propaganda partidária gratuita

Crédito: Waldemir Barreto/Agência Senado

Plenário do Senado vota o retorno da propaganda partidária a partir das 16h (Crédito: Waldemir Barreto/Agência Senado)

O plenário do Senado vota nesta quarta-feira (8), a partir das 16h, o Projeto de Lei (PL) 4.572/19, que restaura a propaganda partidária gratuita. O projeto não diz respeito ao horário eleitoral, mas de inserção publicitária anual garantida a partidos políticos com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).



O PL foi alterado na Câmara dos Deputados, que proibiu o espaço para veicular material falso (fake news), preconceito e incitação à violência. Por isso, volta ao Senado antes de ser promulgado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

+ Google vai banir propaganda política antes de eleição presidencial nas Filipinas

A propaganda partidária gratuita foi extinta na reforma eleitoral de 2017. Se voltar, o texto do PL prevê que a publicidade dos deve servir para divulgar o programa dos partidos políticos, incentivar a filiação e promover a participação política de jovens, mulheres e negros.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022




Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto