Economia

Senado inicia votação de segundo turno da PEC do auxílio emergencial

O Senado iniciou a votação do segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial, que destrava o auxílio emergencial. Na quarta-feira, 3, os senadores aprovaram o texto em primeiro turno.

Após a votação do texto base, o Senado deve analisar um destaque para excluir do texto o limite de R$ 44 bilhões para o crédito extraordinário do novo auxílio emergencial.

Se a sugestão for aprovada, a despesa ficará sem limitação, abrindo margem para o governo aumentar o valor das parcelas do benefício.

O governo é contra tirar o limite. Mas, para manter o texto atual, terá de ter 49 votos no plenário.

Às 12h12, o cenário era desfavorável para o Executivo, com 69 parlamentares presentes. Ou seja, se o destaque for colocado em votação, o Planalto precisa de um número maior de senadores no plenário para conseguir os 49 votos.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel