Economia

Sem insumo, Honda suspende hoje produção de motos em Manaus

Crédito: Divulgação - Honda

A parada temporária da linha de produção ocorre entre os dias 25 de janeiro e 3 de fevereiro. A retomada está prevista para 4 de fevereiro (Crédito: Divulgação - Honda)

A Honda anunciou na sexta-feira (22) a suspensão da produção de motos devido ao impacto da covid-19 nas cadeias de suprimento, que geram indisponibilidade de insumos para a produção. O agravamento da pandemia no Estado do Amazonas foi fator importante.

A parada temporária da linha de produção ocorre entre os dias 25 de janeiro a 3 de fevereiro. A retomada está prevista para 4 de fevereiro, desde que as condições necessárias sejam atendidas, destaca a empresa em nota.

+ Motorista que não pagar IPVA pode receber multa e ter o nome negativado

A falta de insumos tem sido um dos principais entraves para a produção de diversos setores e não tem sido diferente no automotivo. “A falta de insumos e o dólar fizeram aumentar o preço dos veículos – motos e carros – zero quilômetro e essa escalada afeta também o preço do seminovo, não na mesma proporção de aumento, porque outros fatores contribuem para o valor do mercado do veículo usado, mas tende também a ter uma elevação de preços”, diz Paulo Roberto Garbossa, diretor da DK Consultoria Automotiva.



Ele aconselha aqueles que puderem esperar para fazer a compra que esperem. Para Garbossa, logo a situação volta ao normal e, consequentemente, os preços também.

Durante o período de suspensão da produção da Honda, os colaboradores das áreas administrativas e produtivas entram em férias coletivas, permanecendo um contingente mínimo de pessoas para a realização de atividades essenciais.

“A Honda tem contribuído em diversas ações no combate à pandemia. Recentemente, em caráter emergencial, a empresa doou 454 cilindros de oxigênio para o Estado do Amazonas e seguirá empenhada na recarga e reabastecimento dos mesmos. A rede de concessionárias de todo o país uniu-se a essa mobilização para ampliar o volume disponibilizado ao sistema de saúde local. Além disso, a Honda realizou a doação de 20 mil máscaras do tipo faceshield”, diz a fabricante em nota.

A Honda reforça que está adotando todas as medidas possíveis para preservar a saúde e segurança das pessoas e minimizar os impactos da pandemia em sua cadeia de valor, bem como inconvenientes ao consumidor, que pode ser afetado pela indisponibilidade de produtos.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel