Política

Sem citar denúncia, Temer diz estar com ‘consciência tranquila e alma leve’

Prestes a deixar o governo e alvo de uma denúncia apresentada Procuradoria-Geral da República (PGR) nesta semana, o presidente Michel Temer disse, nesta sexta-feira, 21, que está com “consciência tranquila e alma leve”. A declaração foi dada durante cerimônia em Foz do Iguaçu (PR) que marca a construção de duas pontes ligando o Brasil ao Paraguai. O emedebista não citou a acusação da PGR, mas falou apenas de medidas adotadas no governo.

“Eu saio, como alguém falou aqui ou lá enquanto conversávamos, com a consciência absolutamente tranquila, com a alma leve, com um sentimento de que nós produzimos muito pelos nossos países”, declarou Temer, ao lado do presidente do Paraguai, Mario Abdo.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?