Economia

Seguro-desemprego: valor tem reajuste e chega até R$ 1,9 mil

Crédito: Arquivo Agência Brasil - Marcello Casal Jr

Foi adicionado R$ 98,81 ao valor máximo do benefício (Crédito: Arquivo Agência Brasil - Marcello Casal Jr)

Com o reajuste de 5,45% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), o valor máximo de parcelas do seguro-desemprego passou a ser de R$ 1.911,84. Foi adicionado R$ 98,81 ao valor máximo do benefício em relação ao valor antigo (R$ 1.813,03). Esse salário será pago aos trabalhadores com salário médio acima de R$ 2.811,60. O menor salário a ser pago pelo benefício é de R$ 1.100 (salário mínimo em vigor).



Os reajustes são válidos para os benefícios que serão serão requeridos e para os que já foram liberados. Para os beneficiários que estão recebendo, as parcelas que faltam serão corrigidas.

+ Veja quanto um autônomo deve contribuir para o INSS

Como funciona o seguro-desemprego?

O trabalhador pode receber de três a cinco parcelas de acordo com o tempo trabalhado, entre 6 meses e mais de um ano.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



Como solicitar?

O trabalhador pode solicitar o benefício pelo site do Governo Federal e realizar um cadastro.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto