Giro

Secretário diz que governo quer implementar testagem de coronavírus em massa

Crédito: Pixabay

Cruz afirmou que a expectativa é testar até 10 milhões de pessoas por mês no País (Crédito: Pixabay)

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, disse neste sábado (31) que a pasta pretende implementar a partir da primeira quinzena de agosto uma estratégia nacional de testagem de covid-19 com busca ativa no País. Em entrevista à CNN Brasil, Cruz afirmou que a expectativa é testar até 10 milhões de pessoas por mês no País.

+ Testagem e rastreamento evitaria mortes por covid, dizem especialistas

“A ideia é que a gente monte alguns centros e possa fazer esses testes em locais de circulação de pessoas”, explicou o secretário. Segundo Cruz, a iniciativa vai identificar casos positivos de covid-19 em pessoas assintomáticas, isolar esses pacientes e testar outras pessoas com quem eles tenham tido contato. Com isso, a expectativa é frear a disseminação de variantes do coronavírus como a Delta no País.

Cruz informou que a Fiocruz vai ministrar nos dias 2 e 3 de agosto uma oficina a Estados e municípios para orientar governos sobre a produção e administração do teste rápido de antígenos, usado na estratégia da busca ativa. Segundo o secretário, a instituição informou ser capaz de produzir 10 milhões de testes por mês.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago