Economia

Secretária do Tesouro diz acreditar em inflação cedendo ao longo do tempo nos EUA

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, afirmou nesta quarta-feira, 16, que acredita que, após a alta recente, a inflação no país começará a ceder ao longo do tempo. “Por todas as métricas, as expectativas de inflação estão bem ancoradas”, ressaltou, durante audiência no Senado norte-americano.

Yellen reiterou que muitos setores estão normalizando os preços após a crise provocada pelo coronavírus, o que impulsiona a trajetória inflacionário.

Na visão dela, gargalos na cadeia produtiva também contribuem para o movimento. A secretária argumentou que esses fatores “transitórios” devem arrefecer.

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos garantiu que o governo “monitora cuidadosamente” e “leva muito a sério” a ameaça da escalada inflacionária no país. “O atual aumento da inflação reflete as dificuldades de reabrir uma economia que ficou paralisada”, disse.



Entre os desafios, Yellen citou justamente os citados gargalos na cadeia produtiva, como a falta de componentes importantes para a indústria.

Segundo ela, a gestão do presidente dos EUA, Joe Biden, está tomando ações para lidar com a questão, mas a secretária não detalhou as medidas.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago