Política

Saúde pagou US$ 14,8 milhões a mais por máscaras KN95, diz site

Crédito: Divulgação / Gov

O valor total do contrato teria sido US$ 14,8 milhões, ou 29%, maior do que o encontrado no mercado (Crédito: Divulgação / Gov)

Em abril de 2020, o Ministério da Saúde comprou 40 milhões de máscaras de proteção contra a covid-19 do tipo KN95. O valor total do contrato teria sido US$ 14,8 milhões, ou 29%, maior do que o encontrado no mercado, de acordo com uma matéria feita pelo colunista Thiago Herdy, do Uol.

A denúncia mostra que os equipamentos foram comprados por US$ 66 milhões, equivalente a US$ 1,65 por unidade. No entanto as máscaras, destinadas a profissionais da saúde da linha de frente, foram vendidas, no mesmo período, a uma empresa privada por US$ 1,28 por máscara.

+ Grupo que atua na Saúde é alvo de investigação por superfaturamento

Se o governo brasileiro tivesse pagado o mesmo preço por unidade, o gasto total seria de US$ 51,2 milhões. As máscaras foram vendidas pela 356 Distribuidora, do empresário Fraddy Rabbat. Questionado pela reportagem, ele não explicou por que não ofertou o mesmo preço ao governo brasileiro. O Ministério da Saúde também não se pronunciou.



Ontem (19), uma matéria do Estado de S. Paulo também apontou uma suposta irregularidade no contrato de distribuição das vacinas da covid-19. O contrato, firmado entre o Ministério da Saúde e o grupo Voetur, proprietário da VTCLog, teria um superfaturamento de R$ 16 milhões.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago