Giro

Saúde diz que impedir cruzeiros durante crise da covid-19 é uma determinação

Impedir a realização de cruzeiros de turismo no Brasil durante o surto de novo coronavírus é uma determinação, disse nesta sexta-feira, 13, o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira. “Enquanto durar a declaração de emergência, os cruzeiros turísticos estarão interrompidos”, afirmou.

Segundo ele, há mais de 20 cruzeiros programados no País. O Ministério da Saúde deve entrar em contato com gestores do Turismo para notificar sobre a proibição da partida dos navios, disse Oliveira.

“Muitos idosos se concentram nesses locais, onde historicamente a transmissão respiratória é mais facilitadas”, afirmou.

Oliveira disse que o governo terá de avaliar medidas para cruzeiros em curso. Uma hipótese é mandar encurtar o trajeto para que o navio retorne logo ao local de partida.



Voos nacionais

Segundo o secretário, o governo não irá colocar como critério para triagem de casos do novo coronavírus viagens feitas no Brasil, o que chegou a ser cogitado nesta semana.

A medida descartada poderia criar uma lista de alerta para locais dentro do Brasil, como chegou a ser feita para países com transmissão da doença.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago