Geral

São Paulo entra em estado de atenção por causa da baixa umidade do ar

A Defesa Civil decretou, desde o final da manhã desta quinta-feira (12), estado de atenção em toda a capital paulista por causa da baixa umidade do ar, que estava abaixo de 30%.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a tarde desta quinta-feira começou com os termômetros na casa de 33,7ºC e baixa umidade do ar. As temperaturas ainda devem continuar subindo e passar de 34ºC. 

No fim do dia é esperara a propagação de uma frente fria de fraca atividade, que deve aumentar a nebulosidade e provocar mudança na direção dos ventos. Podem ocorrer algumas rajadas de vento e chuviscos isolados nas regiões mais próximas do litoral. Essa frente fria deve amenizar um pouco o tempo seco e o calor até o próximo sábado (14). No domingo (15), volta a fazer calor em São Paulo.

De acordo com o CGE, o tempo seco e estável dificulta a dispersão dos poluentes e favorece a formação de queimadas, prejudicando a qualidade do ar nos centros urbanos.

Estações mais secas do ano costumam aumentar em pelo menos 30% o atendimento nos hospitais de São Paulo, estima a Secretaria Municipal de Saúde da capital. Segundo a secretaria, a procura aumenta por causa de problemas respiratórios.

A Defesa Civil do município pede que as pessoas hidratem-se bem nesse período, protejam-se do sol e bebam bastante água.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

São Paulo entra em estado de atenção por causa da baixa umidade do ar

A Defesa Civil decretou, desde o final da manhã desta quinta-feira (12), estado de atenção em toda a capital paulista por causa da baixa umidade do ar, que estava abaixo de 30%.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a tarde desta quinta-feira começou com os termômetros na casa de 33,7ºC e baixa umidade do ar. As temperaturas ainda devem continuar subindo e passar de 34ºC. 

No fim do dia é esperara a propagação de uma frente fria de fraca atividade, que deve aumentar a nebulosidade e provocar mudança na direção dos ventos. Podem ocorrer algumas rajadas de vento e chuviscos isolados nas regiões mais próximas do litoral. Essa frente fria deve amenizar um pouco o tempo seco e o calor até o próximo sábado (14). No domingo (15), volta a fazer calor em São Paulo.

De acordo com o CGE, o tempo seco e estável dificulta a dispersão dos poluentes e favorece a formação de queimadas, prejudicando a qualidade do ar nos centros urbanos.

Estações mais secas do ano costumam aumentar em pelo menos 30% o atendimento nos hospitais de São Paulo, estima a Secretaria Municipal de Saúde da capital. Segundo a secretaria, a procura aumenta por causa de problemas respiratórios.

A Defesa Civil do município pede que as pessoas hidratem-se bem nesse período, protejam-se do sol e bebam bastante água.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.