Giro

São Paulo decide hoje (9) se prorroga quarentena e com que restrições

Crédito: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

A decisão deve ser anunciada pelo governo paulista em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (9) (Crédito: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo)

O Governo do Estado de São Paulo, por meio do Centro de Contingência do Coronavírus, avalia estender a fase emergencial, em vigor desde o dia 15 de março. A fase estava prevista para terminar no dia 11 de abril.

A decisão deve ser anunciada pelo governo paulista em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (9).

+ São Paulo começa a vacinar idosos com 67 anos no dia 14 de abril
+ Prefeitura começa a abrir 600 sepulturas por dia em São Paulo diante de alta de enterros

“Nós, felizmente conseguimos uma desaceleração. Já há indicadores de melhora, pequena, mas é uma melhora que deve prosseguir nas próximas semanas. E estamos discutindo a necessidade de extensão ou não da fase emergencial. Isso vai ser feito até sexta-feira. É bem provável que continuemos com os níveis de restrição que temos hoje por mais algum tempo, mas vamos aguardar os próximos dias”, afirmou Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, em coletiva de imprensa desta quarta-feira (7).

O Estado registrou nesta quarta-feira 28.631 pacientes internados pela Covid-19. O patamar é similar ao registrado em 21 de março. As taxas de ocupação dos leitos de UTI atingiram de 88,6% no Estado e de 88% na Grande São Paulo.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel