Giro

São Paulo começa nesta quarta a produzir a vacina Butanvac, afirma Doria

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quinta-feira, 28, na sede do Instituto Butantan, que hoje começam a ser produzidas as doses da Butanvac, vacina contra covid-19 produzida, integralmente em território nacional, pelo centro de pesquisas em parceria com consórcio internacional.

O Instituto começa nesta quarta a produção do primeiro lote de imunizante, com 1 milhão de doses da vacina. O governador anunciou que a previsão é de que sejam produzidas 18 milhões de doses da vacina na primeira etapa, até a primeira quinzena de julho. O imunizante aguarda a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso emergencial.

Doria cobrou agilidade da Anvisa para que aprecie o pedido para início dos testes clínicos. Na terça-feira (27), o órgão regulador disse que os dados informados pelo Instituto Butantan no pedido de testes da vacina Butanvac estão incompletos e não atendem aos requisitos técnicos. A Anvisa suspendeu o prazo para análise do pedido de testes até que o Butantan apresente os documentos solicitados.



Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km