Edição nº 1134 19.08 Ver ediçõs anteriores

Santuário de elefantes recebe nova hóspede

Santuário de elefantes recebe nova hóspede

Acostumada a anos de exploração em circos, a elefanta Rana trocou de lar às vésperas do último Natal. Depois de deixar o hotel fazenda Boa Luz, nos arredores de Aracaju (SE), ela percorreu 2,7 mil km para chegar ao Santuário de Elefantes Brasil, sua nova casa, na Chapada dos Guimarães (MT). Estima-se que Rana, de origem asiática, tenha em torno de 60 anos, mas não existe documentação que comprove sua idade. Especula-se ainda que ela tenha feito parte da campanha eleitoral de Dwight Eisenhower (1890-1969) à presidência dos Estados Unidos, em 1952. Ela chegou ao Brasil em 1967 para trabalhar no circo Gran Bartolo, no Recife. A partir dali, passou pelos circos Moscow, Garcia, Tihany, Estoril e Beto Carrero. Desde 2006, vivia na fazenda Boa Luz, cujo antigo dono havia sido processado por maus tratos aos animais de seu mini zoológico. Agora Rana está vivendo ao lado de Maia e Guida, outras moradoras do Santuário de Elefantes.

(Nota publicada na Edição 1104 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Whiskas promove adoção e castração de gatos de rua

O ditado diz que os gatos têm sete vidas. Mas para muitos dos bichanos, a única vida que possuem é triste, sem lar, entregue a própria [...]

Americanas leva curso de empreendedorismo para Amazônia

Decorrente de uma parceria firmada com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), em 2018, a Lojas Americanas está promovendo alternativas [...]

Alemanha bloqueia R$ 156 milhões para projetos ambientais no Brasil

Em junho, Jair Bolsonaro celebrou um acordo histórico: o trato de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia, que já era discutido há duas décadas. A decisão, no entanto, pode estar em risco. Após uma série de atritos envolvendo países europeus e o Brasil, por sua postura inerte em relação ao avanço do […]

McDonald’s quer McLanche feliz mais saudável

A Arcos Dorados, franqueadora master do McDonald’s para América Latina, decidiu repaginar o cardápio de um de seus principais itens: o [...]

Desmatamento na Amazônia cresce 278% em julho

A exoneração de Ricardo Galvão, diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), no dia 2 de agosto, não foi suficiente [...]
Ver mais