Economia

Saneamento: comissão volta aos trabalhos após confusão entre deputados

A comissão especial de saneamento voltou aos trabalhos após uma discussão entre o deputado delegado Waldir (PSL-GO) e a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) causar a suspensão da sessão que irá votar o relatório do deputado Geninho Zuliani (DEM-SP). A pausa ocorreu por aproximadamente 15 minutos. Nos bastidores, enquanto se tentava acalmar os ânimos na comissão, deputados de oposição tentavam negociar com Geninho uma nova mudança no relatório.

A sessão precisou ser suspensa após o delegado Waldir afirmar durante discussão com a deputada Alice Portugal que estaria armado, causando grande agitação no plenário. Com o barulho da comissão não é possível entender se, no momento da discussão, Waldir explica com o que estaria “armado”, apenas que ele faz um sinal de coração com as mãos.

“O deputado Waldir está dizendo que está armado, e essa reunião corre risco de segurança”, disse Alice Portugal depois do bate-boca. Após ser questionado pelo Broadcast se estaria de fato armado, o deputado mostrou o coldre vazio e disse que estava “armado” com canetas, apontando para elas.

Não é a primeira vez que Waldir se vê no meio de uma confusão envolvendo o assunto. Em abril, quando era líder do PSL na Câmara, o deputado negou que estivesse armado durante a sessão da Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ) e disse que estava apenas carregando o coldre de sua pistola.

Na ocasião, a sessão foi suspensa temporariamente depois que o deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE) começou a gritar que Waldir estava armado.