Giro

Samarco recebe licença unificada do Ibama para a reativação de minerodutos

A Samarco, joint-venture formada entre Vale e BHP Billiton, recebeu do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na segunda-feira, 11, a licença de operação de três minerodutos. Eles serão usados para o futuro transporte da polpa de minério de ferro entre os complexos de Germano, em Minas Gerais, e de Ubu, no Espírito Santo, de forma gradual, quando a empresa retomar suas operações.

A licença de operação (LO) tem validade de dez anos e unifica as licenças dos três minerodutos da empresa, além de incorporar as torres de transmissão e as estações de bombas existentes ao longo do trajeto, anteriormente licenciados pelo órgão estadual.

O início da retomada das operações da Samarco está mantido para dezembro, apesar da pandemia da covid-19, garantiu recentemente o diretor executivo de finanças da Vale, Luciano Siani.

As atividades da pelotizadora estão paradas desde novembro de 2015, quando ocorreu a tragédia do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais.

Em outubro de 2019, a Samarco recebeu a Licença Operacional Corretiva (LOC) para o retorno das operações em Germano e, atualmente, concentra seus esforços na implantação de um novo sistema de disposição de rejeitos, com sistema de filtragem para empilhamento a seco de 80% do rejeito a ser gerado.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?