Economia

Saiba se você é obrigado a declarar Imposto de Renda neste ano

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

O prazo de envio começa hoje, dia 1º de março, e termina no dia 30 de abril Quem não entregar a declaração até essa data, estará sujeito à multa pelo atraso (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Chegou a hora de acertar as contas com o Leão. O prazo de envio da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2021 começa hoje, dia 1º de março, e a Receita Federal divulgou novas regras para a entrega da declaração do IR deste ano. Os contribuintes têm até o dia 30 de abril para prestar contas ao Fisco e quem não entregar a declaração até essa data, estará sujeito à multa pelo atraso. A expectativa é de que 32 milhões de declarações sejam enviadas até o final do prazo.

O Programa Gerador da DIRPF2021 já está disponível para download, assim como o aplicativo “Meu Imposto de Renda”.

+ Veja a documentação necessária para declarar o Imposto de Renda

Felipe Gomes dos Santos, especialista em Imposto de Renda da Crowe, comenta que neste ano, visando automatizar o processo de elaboração da declaração o tornando mais ágil e seguro, a Receita Federal disponibilizou a declaração pré-preenchida para todos os contribuintes via portal e-CAC. “Até o último ano essa ferramenta estava disponível apenas para contribuintes que possuem certificado digital.”

“Além disso, a Receita Federal incluiu na declaração deste ano três novos campos na ficha de Bens e Direitos destinados ao lançamento de criptoativos. Até 2020, existiam dúvidas por parte do contribuinte em como declarar esse tipo de ativo, devido à falta de campos específicos”, explica o especialista.

Veja a seguir se você tem que declarar o Imposto de Renda neste ano, como fica para quem recebeu o auxílio emergencial e o cronograma de restituição.

Obrigatoriedade

  • Contribuinte pessoa física, residente no Brasil, que recebeu, no ano-calendário 2020, rendimentos tributáveis sujeitos à declaração no valor acima de R$ 28.559,70
  • Em relação à atividade rural, obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50;
  • Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;
  • Obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;
  • O não envio da Declaração dentro do prazo resulta em multa por atraso.

Auxílio emergencial

Os contribuintes que receberam o auxílio emergencial por conta da pandemia da covid-19 são obrigados a declarar o Imposto de Renda da Pessoa Física, caso tenham recebido, junto com o auxílio, outros rendimentos tributáveis em valor anual superior a R$ 22.847,76.

Quem teve rendimento maior que esse valor deve devolver o auxílio emergencial. Estima-se que cerca de 3 milhões de declarações em nível nacional possua algum tipo de devolução a ser feita.

Cronograma de restituição

A Receita Federal manterá o cronograma de pagamento das restituições em cinco lotes e o início da devolução já para o mês subsequente ao término do prazo de entrega:

1º lote: 31 de maio de 2021

2º lote: 30 de junho de 2021

3º lote: 30 de julho de 2021

4º lote: 31 de agosto de 2021

5º lote: 30 de setembro de 2021

As restituições serão priorizadas pela data de entrega da declaração. Algumas categorias de contribuintes têm prioridade legal no recebimento da restituição: aqueles com 60 anos ou mais, sendo assegurada prioridade especial aos maiores de 80 anos; os portadores de deficiência física ou moléstia grave e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

acerto de contas com o Leão até quando posso entregar a declaração do IR auxílio emergencial certificado digital Como baixar IRPF 2020? Como declarar isenção de imposto de renda? Como saber se preciso declarar Imposto de Renda 2021? Como saber se preciso declarar imposto de renda pelo CPF? como saber se tenho que declarar imposto de renda Como saber se tenho que declarar Imposto de Renda 2021? Como solicitar a isenção do imposto de renda? Como transmitir a declaração de Imposto de Renda 2020? contribuinte criptomoedas cronograma de pagamento de restituições declaração do IR declaração pré-preenchida devolução do auxilio emergencial É necessário declarar veículo no Imposto de Renda? imposto de renda imposto de renda 2021 Imposto de renda declaração 2021 imposto de renda prazo de entrega Imposto de Renda Tabela: O que é? imposto de renda: como funciona? ir 2021 IR 2021 novas regras IR Aposentados IR como fazer a declaração? IR empresas IR pessoa física 2021 IR prazo de entrega IRPJ O que é ocupação principal imposto de renda? O quê Imposto de Renda 2020? prazo para entregar a declaração Qual a base de cálculo para o imposto de renda? Qual a tabela de imposto de renda para 2021? Qual a tabela do Imposto de Renda? Quando começam a pagar o Imposto de Renda 2020? quando recebo a restituição do IR Quem é isento do imposto de renda? Quem ganha 5.000 reais por mês paga quanto de imposto de renda? Quem investe na bolsa precisa declarar imposto de renda? Quem não precisa declarar o imposto de renda? Quem tem que declarar imposto de renda em 2020? Receita Federal restituição Sou isento de IR e vou aplicar no Tesouro Direto terei de declarar imposto? Tabela de imposto de renda 2021 mensal?