Giro

Saiba quando é hora de fazer uma pausa no trabalho

Crédito: Reprodução/Unsplash

Se você se sente muito sobrecarregado, cansado e até mesmo desmotivado, a melhor coisa a fazer é relaxar um pouco e refrescar a sua mente. (Crédito: Reprodução/Unsplash)

Inquestionavelmente, às vezes nós trabalhamos muito e isso provoca uma certa tensão que normalmente é relacionada ao estresse. Por isso, é preciso estar atento aos sinais que você precisa de uma pausa no trabalho.

Contudo, se você se sente muito sobrecarregado, cansado e até mesmo desmotivado, a melhor coisa a fazer é relaxar um pouco e refrescar a sua mente. O maior problema é quando as pessoas não percebem que precisam de um “break”, até que seja tarde demais. Tudo isso acontece através da “Síndrome de Burnout”, que nada mais é do que o estado de esgotamento físico, mental e emocional, causado pelos elevados níveis de pressão no trabalho.

+ Tataraneta de Henry Ford se torna primeira mulher no conselho da empresa

Confira os 5 sinais para fazer sua autoanálise:

1. Produtividade baixa e exaustão constante

Se você programa o seu alarme mais cedo só para que você possa pressionar o botão “soneca” (e ganhar mais 5 minutinhos), é o primeiro sinal que você não está muito animado para levantar da cama. E, consequentemente, também não está muito entusiasmado para começar as suas atividades. É natural se você se sentir cansado após o trabalho, mas não é normal que você acorde com fadiga, preguiça e sem vontade de ir trabalhar. Saiba que o cansaço incontrolável pode estar ligado a um problema mais grave, ou seja, é necessário ficar atento com o seu desempenho.

2. Insônia e dificuldade para dormir

O mesmo acontece ao contrário. Se você termina o seu trabalho e quer ir direto para a cama porque se sente esgotado, fique em alerta! Para alterar a sua rotina, o que você precisa fazer é se dedicar a um hobby, frequentar uma academia, enfim, participar de alguma atividade que lhe dê prazer para recarregar suas energias. Utilize o seu tempo livre para aperfeiçoar as suas habilidades ou aprender algo novo. A perda do sono também pode ser ocasionada por excesso de preocupação, medo e tristeza. Neste caso, tente ocupar a sua cabeça com coisas interessantes. Assista um seriado ou filme mais leve antes de dormir, leia um livro ou ouça música. Na cama, ao se preparar para dormir, desconecte-se das redes sociais para aliviar seus pensamentos.

3. Atos de pessimismo e comportamentos de irritabilidade

A falta de paciência, agressividade e atitudes negativas são certamente fatores que representam o seu estado emocional. Eventualmente, é possível que você tenha um dia que “não deveria ter levantado da cama”, mas ao emergir a raiva e a frustração, lembre-se que elas não devem permanecer. Não torne esses sentimentos em seus status diário. Outra questão que você deve evitar e se policiar é desejar “demais da conta” a sexta-feira, bem como amaldiçoar as segundas-feiras – como se o começo da semana fosse um “desastre” na face da terra. Foque-se no presente, aproveite sua jornada de trabalho e, na sequência, você terá um fim de semana ou folga para relaxar.

4. Falta de concentração e de uma pausa

A dificuldade em se concentrar corresponde que você alcançou o seu limite de cansaço extremo, ou seja, você não tem condições de se manter alinhado e focando as suas habilidades no trabalho. Isso é um dos primeiros alertas. Depois disso, o próximo alerta é o esquecimento de ações. Você passa a não se recordar de informações importantes e demorar o dobro do tempo para finalizar suas responsabilidades. O atraso dessas tarefas vão contribuir para uma queda drástica na sua produtividade. O ideal é administrar o seu tempo e traçar as prioridades do seu trabalho, mas para que isso aconteça, é necessário que você esteja muito bem equilibrado. Então, uma pausa no trabalho te cairá muito bem e obviamente fará render resultados melhores.

5. Crise existencial e mania de perseguição

Se você odeia o seu cargo, sua posição ou até mesmo não se relaciona muito bem com o seu chefe ou colegas de setor, você absolutamente vai viver estressado e achando que todos estão contra você. Não é saudável conviver nesta rotina sufocante e, consequentemente, ficar sempre de mau humor. O essencial é que você tente se aproximar dos demais colaboradores ao seu redor e ser mais social em suas relações interpessoais. Permanecer bem humorado também está parcialmente relacionado com os nossos hábitos pessoais e isso impacta nosso organismo. Portanto, além das atividades físicas e hobbies, é indispensável que você dedique mais atenção na sua alimentação, eliminando o excesso de cafeína, álcool e demais dependências químicas, como por exemplo o tabaco. É importante lembrar que está tudo bem se você precisar de ajuda! O ideal é sempre buscar profissionais que poderão te auxiliar de maneira mais assertiva na sua reestruturação mental.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago