Tecnologia

Saiba identificar e acessar a tecnologia 5G no seu celular

Crédito: Pexels/Pixabay

Até o fim de setembro todas as principais capitais brasileiras devem ter o 5G ativado, segundo a Anatel (Crédito: Pexels/Pixabay)



A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que a partir desta quinta-feira (4) antenas da faixa principal com a tecnologia 5G serão ativadas na cidade de São Paulo, tornando-se o quinto município a receber a nova geração de internet móvel. Em Brasília, Porto Alegre, João Pessoa e Belo Horizonte as antenas já foram ativadas.

No caso de São Paulo, apenas alguns pontos das cidades serão beneficiados com a tecnologia, de acordo com a Anatel. A maior parte das antenas será distribuída no centro histórico, na região da Avenida Paulista e no Itaim Bibi. Os bairros Aclimação, Mooca e Brás, por exemplo, também serão contemplados, mas com uma cobertura menor do serviço nessa fase inicial de ativações. 

+Conheça os projetos que as empresas estão desenvolvendo com a rede 5G

A previsão é que apenas 25% da área urbana de São Paulo usufrua da tecnologia por enquanto, segundo o Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa (Gaispi). São 1.378 antenas de 5G instaladas até agora versus 4.592 de 4G.




As próximas cidades que devem receber o 5G são Curitiba, Rio de Janeiro, Goiânia e Salvador. Antes, o prazo era de que até o fim de agosto todas as principais capitais teriam a tecnologia ativada. Porém, por atrasos com os equipamentos, a Anatel decidiu estender essa estimativa para o fim de setembro. Já o prazo para ficar disponível em todo território nacional é longo, e só deve acontecer em 2029.

Para que serve o 5G?

A quinta geração da internet móvel promete permitir avanços tecnológicos como o acesso à realidade virtual e conexão de objetos e cidades à internet. No entanto, esse ainda é um caminho a ser percorrido. Neste primeiro momento, o 5G representa conexões mais estáveis, rapidez em downloads e uploads, e amplitude de cobertura.

Existem alguns tipos de 5G e o que predomina tanto no Brasil quanto no mundo é o 5G NSA, ou “non-standalone”. Apesar de garantir velocidade e estabilidade, ainda não é ele que vai atingir a expectativa de revolução. Conheça os modelos:


  • 5G DSS: conhecido por ser uma tecnologia de transição do 4G para o 5G, esse tipo acaba usando a infraestrutura do 4G para oferecer uma internet mais rápida (na casa dos 100 Mbps) e já está disponível há algum tempo.
  • 5G NSA (Non-Standalone): ainda é misturado com a tecnologia anterior, pois se utiliza do “núcleo” da rede 4G. No entanto, ele já oferece internet com velocidade muito alta, principalmente quando se trata de downloads.
  • 5G SA (Standalone): conhecido como o 5G “puro”, usa frequência e núcleo de rede 5G. Além de internet super-rápida, tem latência baixa. O que significa downloads rápidos, jogos sem atraso e aplicações industriais.

Como ativar o 5G?

Nem todos os aparelhos de celular são compatíveis com a tecnologia. Os aparelhos devem comportar ao menos um desses dois tipos de conexão: “standalone” (SA) ou “non-standalone” (NSA), que comportam o 5G mais “limpo” – e que estão presentes em modelos mais recentes de smartphones.

Caso seu celular seja compatível com essa tecnologia e seja vinculado a uma das três maiores operadoras telefônicas do Brasil (Claro, TIM e Vivo), não será necessário fazer nenhuma ativação, pois ele entrará em ação automaticamente quando estiver próximo a uma antena de 5G.

Por ser uma novidade no país, as operadoras ainda não repassaram muitas informações sobre troca de chip ou mudança de preço. No caso de clientes Vivo, haverá a necessidade de troca de chip somente para clientes com o acesso 5G “standalone” (SA). 

Já os preços devem se manter os mesmos na Vivo e Claro, enquanto a TIM poderá oferecer um plano específico para a tecnologia, mas não há detalhes sobre o valor e benefícios.

Quais aparelhos podem acessar o 5G?

A Anatel fez uma lista com 67 aparelhos com 5G homologados. Confira:

Apple

  • iPhone SE (3ª geração)
  • iPhone 12 mini
  • iPhone 12
  • iPhone 12 Pro
  • iPhone 12 Pro Max
  • iPhone 13 mini
  • iPhone 13
  • iPhone 13 Pro
  • iPhone 13 Pro Max

Samsung

  • Galaxy A13
  • Galaxy A73 5G
  • Galaxy A22 5G
  • Galaxy S20 FE 5G
  • Galaxy A32 5G
  • Galaxy A52 5G
  • Galaxy A52s 5G
  • Galaxy Z Flip3 5G
  • Galaxy Z Fold2 5G
  • Galaxy Z Fold3 5G
  • Galaxy S21 FE 5G
  • Galaxy S21 5G
  • Galaxy S21+ 5G
  • Galaxy S21 Ultra 5G
  • Galaxy S22
  • Galaxy S22 Ultra
  • Galaxy M52 5G
  • Galaxy M53 5G
  • Galaxy Note 20 5G
  • Galaxy Note 20 Ultra 5G 

Motorola

  • Moto G 5G Plus
  • Moto G 5G
  • Moto G50 5G
  • Moto G71 5G
  • Moto G100 5G
  • Moto G200 5G
  • Motorola Edge
  • Motorola Edge 20
  • Motorola Edge 20 Lite
  • Motorola Edge 20 Pro
  • Motorola Edge 30 

Xiaomi

  • Mi 10T Pro
  • Mi 10T
  • Mi 11
  • Mi 12 Pro 5G
  • Xiaomi 12 Lite
  • Xiaomi 12
  • Poco F3
  • Poco M3 Pro 5G
  • Poco M4 Pro 5G
  • Poco X4 Pro 5G
  • Redmi Note 10 5G
  • Redmi Note 11 Pro 5G
  • Xiaomi 11 Lite 5G 

Asus

  • Zenfone 8
  • Zenfone 8 Flip
  • ROG Phone 5
  • ROG Phone 5s 

Realme

  • Realme GT 2 Pro
  • Realme GT Master
  • Realme 9 Pro+ 

TCL

  • TCL 20 Pro 5G

Positivo

  • Zero 5G

Nokia

  • Nokia G50