Negócios

Saiba como aumentar as vendas no Natal usando as redes sociais

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Empresas que ainda não estiverem no on-line, precisam chegar lá. Aquelas que já estão, precisam investir mais e melhor no digital para vender mais no Natal (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Com o Natal se aproximando, o comércio varejista começa a se preparar para a melhor data do ano para vendas. E atrair clientes é o principal desafio, principalmente nas pequenas empresas. Neste sentido, as redes sociais podem ser uma importantes aliadas para turbinar as vendas do fim do ano.

“O coronavírus abriu os olhos das empresas que o digital é um caminho sem volta”, afirma Caio Cunha diretor da WSI Brasil, braço local da franquia de marketing digital. “As empresas que ainda não estiverem no online precisam chegar lá. Aquelas que já estão precisam investir mais e melhor no digital para retomar o crescimento no pós-pandemia e isso inclui as vendas de fim de ano”, avalia o especialista.

Neste ano, o TikTok ganhou destaque entre brasileiros. A rede social, voltada para a divulgação de vídeos curtos, já tem mais de 7 milhões de usuários no Brasil e começa a atrair também as empresas, que usam a plataforma para divulgar seus produtos e serviços.

“A popularização do TikTok veio porque ele é um espaço extremamente democrático, qualquer pessoa pode criar conteúdos divertidos, por meio das dublagens, dos cortes, da interação com o vídeo, e viralizar. São vídeos curtos, que se renovam muito rápido e trazem muito entretenimento”, comenta o consultor de comunicação Matheus Jacob.



+ TikTok obtém novo prazo para vender ativos nos EUA
+ Snapchat lança Spotlight para competir com Instagram e TikTok

Além do TikTok, o Instagram também é uma ferramenta que pode ajudar muito nas vendas. “No começo, as empresas achavam que o Instagram não era pra elas, mas perceberam que era um canal importante de comunicação com os clientes e que toda a rede social vale para as empresas, se elas sabem o que e como divulgar”, diz Jacob, lembrando que, hoje, o Instagram é um market place, em que os clientes podem acessar e comprar.

O Facebook é mais uma opção que pode ser usada pelos comerciantes. Essa rede social costuma atingir pessoas com mais idade e permitem colocar mais textos.

Também é importante ter um canal direto com o seu cliente. Pelo WhatsApp, você pode criar uma lista de transmissão e manter contato frequente com o seu cliente. No entanto, certifique-se que o consumidor quer realmente receber suas mensagens.

Veja algumas dicas para colocar a sua empresa no TikTok:

1 – Traga conteúdos adequados para a plataforma

Fuja da fórmula da propaganda, use a criatividade e adapte-se aos formatos do TikTok: vídeos curtos e divertidos, conectados com a sua marca.

2 – Não confunda informalidade com entretenimento

Os vídeos podem – e devem – ser divertidos, ter um caráter mais humano e menos profissional, mas não deixe de lado os valores, os princípios e a ética da marca.

3 – Escolha adequada

Cuidado para não colocar comunicadores que não são adequados para o TikTok. Talvez o presidente da empresa ou um dos executivos não sejam as melhores pessoas para estar ali como representantes da marca.

4 – Para viralizar

Se você fez um vídeo que ficou bacana, poste ele várias vezes. Essa é uma das maneiras que o seu conteúdo pode viralizar na rede.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel