Agronegócio

Safra 2018/19 de laranja será de 284,88 mi de caixas, aponta 4ª PES

Ribeirão Preto, 11 – A quarta Pesquisa de Estimativa de Safra (PES) de laranja 2018/2019 no parque comercial citrícola de São Paulo e Minas Gerais, divulgada nesta segunda-feira, 11, aponta uma produção de 284,88 milhões de caixas (de 40,8 quilos). O volume é 3,31% superior ao total de 275,75 milhões de caixas apontado no terceiro levantamento, em dezembro, e 1,18% inferior ao da primeira avaliação, de maio de 2018, com oferta de 288,23 milhões de caixas.

A produção, se confirmada, representará queda de 28,5% em relação à da safra 2017/2018, a segunda maior da história, de 398,35 milhões de caixas.

Segundo o Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), o aumento da oferta entre as estimativas deve-se às chuvas volumosas na primavera. Mesmo com a redução nas precipitações entre dezembro e janeiro, desde maio de 2018 o acumulado foi de 896 milímetros, apenas 3% abaixo da média histórica. A colheita das variedades precoces foi encerrada. Considerando todas as variedades, a colheita chega a 95% da safra.

O levantamento é feito pelo Fundecitrus em parceria com a Markestrat, a Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto (SP) e o Departamento de Estatística da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Jaboticabal (SP).

As informações são obtidas por meio da pesquisa de monitoramento em 1.200 talhões a partir de maio de cada ano. Outra fonte de apuração é o tamanho dos frutos recebidos ao longo da safra pelas empresas de suco de laranja associadas ao Fundecitrus – Citrosuco, Cutrale e Louis Dreyfus Company – para o processamento industrial.

A estimativa é considerada oficial para a safra de laranja na região brasileira, principal polo mundial produtor de suco. O Fundecitrus divulgará, em 10 de abril, a estimativa final para o período.