Tecnologia

Sabe a Tray? A Locaweb sabe

Abertura de lojas virtuais na plataforma da empresa cresce 341% no trimestre. Companhia visa se consolidar como one stop shop de digitalização para PMEs.

Crédito: Jorge Abe

AVANÇO Criador da Tray e atual diretor da plataforma vendida para a Locaweb, Willians Marques comemora os resultados obtidos em 2020, ano de recordes para a empresa. (Crédito: Jorge Abe)

A aceleração digital das pequenas e médias empresas durante a pandemia foi a mola propulsora para a Locaweb bater recordes atrás de recordes desde o início do ano. A empresa – que oferece soluções business to business, de hospedagem na web a computação em nuvem, de intermediação de pagamento a marketing digital – registrou receita líquida de R$ 126,2 milhões no terceiro trimestre, crescimento de 23,8% em relação ao mesmo período do ano passado. O avanço foi amparado principalmente pelo segmento de Commerce (sem a letra ‘e’ antes), onde estão alocados os serviços da Tray. A aquisição da empresa levou três anos, foi concluída em 2015 e se mostrou decisiva.

A solução oferece a criação de loja virtual e canais de venda, além de apoio em logística, gestão e divulgação, inclusive com integração a grandes marketplaces, como Amazon, Magalu e Mercado Livre. “Oferecemos uma economia de escala, com várias necessidades em um mesmo local”, afirmou Willians Marques, diretor-geral da Tray e fundador da plataforma em 2002. A procura de clientes aumentou exponencialmente e a abertura de novas lojas cresceu 103,5% no primeiro trimestre deste ano, 274,1% no segundo trimestre e 341,6% no terceiro – sempre em comparação com os últimos três meses de 2019.

Com isso, a base total de clientes praticamente dobrou em 2020, ao avançar 92%. “Nós crescemos e nossos clientes cresceram junto. Foi o momento de ajudar o mercado e de nós avançarmos também. Um sinal verde para ocupar o espaço”, afirmou Marques. A receita líquida do segmento de Commerce atingiu R$ 40,3 milhões no último trimestre, crescimento de 90,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Já o Ebitda subiu 113,6% e já representa 47,5% do Grupo Locaweb, que faturou R$ R$ 385,7 milhões em 2019, ano em que o Commerce representou 26% do bolo.

O volume bruto de mercadorias negociadas por todos os clientes da plataforma de e-commerce atingiu R$ 4,7 bilhões nos nove meses deste ano encerrados em setembro, sendo R$ 1,9 bilhão no trimestre, alta de 90,4%. No total do primeiro semestre de 2020, houve aumento de 74% nas vendas dos clientes da Locaweb, muito acima dos 47% do mercado de comércio eletrônico medido pela 42ª edição do Webshoppers, estudo realizado pela Ebit/Nielsen em parceria com a Elo. “Multiplicamos as receitas dos clientes em até sete vezes, em três anos, a partir dos nossos serviços adicionais”, disse o executivo. Entre as novas soluções, está o pagamento digital. O serviço é oferecido por meio da wallet digital Yapay, também criada por Willians Marques e igualmente adquirida pela Locaweb.

CLIENTE Suporte e infraestrutura da Tray atraíram a empresária Lívia Vasconcellos, da Lojinha da Lívia, para a plataforma. (Crédito:Divulgação)

São disponibilizados no ecossistema da Tray 328 recursos e integrações tecnológicas, que incluem personalização da loja virtual, programação automatizada de promoções, software de gestão, chat e e-mail marketing. Os seis pacotes oferecidos variam de R$ 49 a R$ 749 ao mês – também há a Tray Corp para clientes corporativos, com preços sob consulta. Rafael Chamas, CFO da Locaweb, diz que os clientes entram com o básico e logo adquirem mais serviços. “É quase garantia de continuidade da nossa aceleração no futuro. Com essa entrada massiva de novos clientes e a dinâmica de geração de receita, temos potencial de faturamento futuro”, afirmou Chamas.

Cliente da Tray desde o ano passado, a Lojinha da Lívia, de papelaria e material para escritório, passou por esse processo, saindo do Plano Básico para o Pro. “Passei por algumas plataformas e tive dificuldades. Escolhi a Tray por indicação. Tenho um bom suporte e infraestrutura que atende bem aos meus acessos”, disse a proprietária, Lívia Vasconcellos. Entre os clientes das plataformas Tray e Tray Corp, estão a beauty store Skala Brasil, a Cachaçaria Nacional e a loja de artigos esportivos FutFanatics.

AQUISIÇÕES Os números da Locaweb, bem impulsionados pela Tray, são animadores e a busca da empresa para se consolidar como one stop shop para digitalização de PMEs no Brasil continua. Recentemente, houve três aquisições importantes, que reforçam as soluções tecnológicas do grupo. A compra da Social Miner, que usa big data e inteligência virtual para aumentar as vendas de e-commerce, foi efetivada dia 23 de setembro. Uma semana depois, foi a vez da Etus, focada na gestão de redes sociais. E no dia 29 de outubro, concretizou a aquisição da Vindi, que oferece um software de cobrança recorrente com uma plataforma de pagamento, para incrementar a Yapay.

A companhia não vai parar. Está capitalizada, a partir dos resultados e do sucesso do IPO aberto no início do ano. Desde então, o preço das ações quase que quadruplicou, indo de R$ 17,25 para R$ 67,27, na terça-feira (17). O valor de mercado da empresa cresceu de R$ 2,6 bilhões para R$ 8,5 bilhões atualmente. O CFO Chamas diz que há R$ 500 milhões em caixa. “Continuaremos em busca acelerada de novas aquisições”, disse. Na mira, estão startups e empresas com receita recorrente, produtos consolidados, time de alta qualidade e alto potencial de cross-sell e up-sell com os produtos da Locaweb.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?