Mundo

Roedores estão dizimando plantações na Alemanha

Crédito: Pixaby

Os efeitos de uma sucessão de verões secos e invernos amenos permitiram que os ratos procriassem (Crédito: Pixaby)

Mais de 120 mil hectares de terras agrícolas da Alemanha estão sendo dizimadas por pragas de ratos do campo. De acordo com a associação nacional de agricultura do país, o ataque tem causado perdas significativas nas safras.

Segundo matéria do The Guardian, alguns fazendeiros estão pedindo relaxamento nas regras do uso de pesticidas. Em toda a Alemanha, os efeitos de uma sucessão de verões secos e invernos amenos permitiram que os ratos procriassem.

+ Alemanha tem queda histórica de 10,1% do PIB no 2º trimestre
+ Duas novas nuvens de gafanhotos foram identificadas na Argentina, diz Senasa

Os agricultores disseram que roedores estão cavando túneis sob os campos e roendo as raízes das plantações há meses. As regiões mais atingidas são os estados Turíngia, Saxônia Anhalt e Baixa Saxônia. Na Turíngia, até um quarto das safras foram afetadas, com danos estimados em cerca de 450 euros para cada hectare de trigo.

Uma opção que está sendo considerada pelos fazendeiros é não semear os campos para o inverno com o objetivo de matar de fome os ratos, que têm cerca de 12 cm de comprimento. Alguns agricultores dizem que, além do clima, a redução nos últimos anos do uso de pesticidas ajudou na proliferação.

A ministra da Agricultura da Alemanha, Julia Klöckner, pediu uma reavaliação de emergência das leis para a situação de emergência. Para ambientalista, no entanto, a liberação pode prejudicar espécies ameaçadas de extinção, como hamsters, lebres, ratos-bétula e pássaros migratórios.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Em vez disso, alguns grupos de bem-estar animal estão pedindo a proibição da caça à raposa porque os animais, que consomem cada um entre 3 mil e 5 mil ratos por ano, poderiam ajudar a controlar a população. Os caçadores matam cerca de 400 mil raposas na Alemanha todos os anos.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel