Política

Rodrigo Maia nega que projeto de recuperação seja para beneficiar apenas o RJ

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou na manhã desta quarta-feira, 5, que o projeto de recuperação fiscal seja exclusivamente para beneficiar seu Estado, o Rio de Janeiro. Citando também a situação fiscal do Rio Grande do Sul e Minas Gerais, Maia disse que a proposta que pode ser votada hoje visa dar uma ajuda aos governos estaduais dentro de um processo de reorganização radical de suas contas.

O deputado disse ter certeza que os demais Estados em situação melhor não vão querer assumir as pesadas contrapartidas porque não necessitam. “Não vai estar se dando apenas um empréstimo, vai estar se cobrando contrapartidas e ajustes muito duros, que tenho certeza que os outros Estados não precisam”, afirmou.

Maia citou como contrapartidas “duras” o congelamento de salários e concursos públicos, a reorganização do sistema de previdência dos Estados e disse que é necessário que os governos locais em estado pré-falimentar “voltem a respirar”.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel