Giro

RJ avalia usar lote de Astrazeneca e aguardar produção para dar 2ª dose

Crédito: Divulgação/AstraZeneca

O mesmo não pode ser feito com a Coronavac, informa a SES, que precisa ter a segunda dose ministrada em até 21 dias (Crédito: Divulgação/AstraZeneca)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) Rio de Janeiro avalia distribuir todas as doses da vacina Astrazeneca que serão recebidas neste sábado de uma única vez, já que a segunda dose pode ser dada em até três meses, quando o secretário de Saúde, Carlos Alberto Chaves, estima que a vacina já esteja sendo produzida no Brasil.

O mesmo não pode ser feito com a Coronavac, informa a SES, que precisa ter a segunda dose ministrada em até 21 dias. “Para saber se vão ser dadas todas as doses ou não, precisamos saber o volume que será destinado ao Estado”, esclareceu uma assessora da SES.

+ Fiocruz libera neste sábado distribuição de vacina aos estados
+ Reações alérgicas graves à vacina da Moderna são ‘raras’, dizem autoridades americanas

Hoje, o secretário se encontra com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na Fiocruz, quando saberá quantas doses serão destinadas ao Estado. Segundo a secretaria, toda logística já está pronta para a distribuição da vacina.



“A SES já está com toda a logística aérea e terrestre preparada para que as vacinas sejam disponibilizadas aos 92 municípios a partir da manhã da próxima segunda-feira (25/01)”, informou.

A Secretaria ressalta que a definição dos grupos prioritários para esta fase da vacinação será estabelecida pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde. O critério para distribuição das doses aos municípios é a base populacional, informou a SES.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel