Economia

Riscos financeiros da China estão sob controle, diz presidente

Os riscos financeiros da China estão sob controle de modo geral, afirmou o presidente do país, Xi Jinping, durante reunião do Politburo do Partido Comunista, segundo a agência de notícias estatal Xinhua.

Na reunião, que ocorreu ontem, Xi enfatizou a importância da segurança financeira e afirmou que Pequim irá combater irregularidades nos mercados financeiros e no setor financeiro da internet, informou a Xinhua.

Também participaram do encontro o presidente do banco central chinês (PBoC, na sigla em inglês), Zhou Xiaochuan, assim como os chefes dos órgãos regulatórios das áreas bancária, de títulos mobiliários e de seguros.

Xi também declarou que a China aprofundará reformas financeiras e aperfeiçoará seu sistema financeiro. “Nós não devemos ignorar um único risco sequer, ou permitir que um único perigo continue escondido”, disse o presidente, de acordo com a agência.

No primeiro trimestre, o Produto Interno Bruto (PIB) da China teve expansão anual de 6,9%, acima da expectativa e também bem superior à meta anual do governo, de 6,5%.

No entanto, a segunda maior economia do mundo está exposta a riscos financeiros alimentados por estímulos que incentivaram a tomada de dívida e por um mercado doméstico superaquecido. Pequim vem reiterando a promessa de conter riscos financeiros desde o forte período de turbulência vivido pelas bolsas chinesas em meados de 2015. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?