Giro

Rio confirma primeira morte na Cidade de Deus por coronavírus

Foi confirmada neste sábado, 11, a primeira morte por covid-19 na Cidade de Deus, comunidade na zona oeste com aproximadamente 40 mil habitantes que ficou conhecida em todo o Brasil por causa do filme de Fernando Meirelles. Trata-se da quinta favela do Rio a ter uma morte confirmada pela novo coronavírus.

A vítima é uma mulher de 32 anos, de acordo com informações da secretaria estadual de saúde, divulgadas no início da noite deste sábado. Segundo as estatísticas oficiais, pelo menos sete pessoas já morreram em cinco favelas do Rio: Rocinha (duas), Vigário Geral (duas), Maré (uma), Manguinhos (uma) e agora Cidade de Deus (uma).

As autoridades de saúde temem a disseminação da covid-19 nas comunidades, onde não há saneamento básico e muitas pessoas vivem em espaços exíguos, o que favorece a circulação do novo coronavírus.

O número de casos de covid-19 no Rio chegou a 2.607 neste sábado, 11. Pelo menos 155 pessoas morreram por causa da doença até agora. Outras 107 mortes estão sob investigação.



Entre sexta-feira e sábado, foram confirmadas oito mortes, cinco homens e três mulheres. Todos tinham mais de 50 anos, com exceção de uma das mulheres, que tinha 32 anos.

A capital é o município que reúne a grande maioria dos casos, com 1.905, seguido de Niterói, com 120, e Nova Iguaçu, com 73.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel