Giro

John Gilbert Getty, neto de magnata do petróleo, morreu de overdose acidental

Crédito: Reprodução - Instragram

Getty tinha 52 anos e  morreu de cardiomiopatia e doença pulmonar obstrutiva crônica, complicada pela toxicidade do fentanil (Crédito: Reprodução - Instragram)

John Gilbert Getty, neto do magnata do petróleo J. Paul Getty, morreu em decorrência de uma overdose acidental. A causa da morte foi divulgada dois meses após sua morte, confirmada pelo seu pai em 20 de novembro.

De acordo com a People, Getty tinha 52 anos e  morreu de cardiomiopatia e doença pulmonar obstrutiva crônica, complicada pela toxicidade do fentanil, um opioide para a dor que é administrado com outros medicamentos, principalmente, para anestesia.

+ Magnata canadense é multado após furar a fila da vacina contra a covid-19

À época, o pai de John, Gordon Getty declarou que  o filho deixava sua filha, Ivy Getty, a quem amava além da medida, e seus irmãos Peter e Billy.



Seu irmão, Andrew, faleceu antes de John. A mãe de John, Ann Gilbert Getty, faleceu em setembro. E destacou que John era um músico talentoso que amava o rock and roll.

Em novembro, a família resolveu tirar férias para refletir e lamentar as duas mortes em tão curto espaço de tempo.

Em 2015, Andrew Rork Getty, filho de Gordon, foi encontrado morto em sua casa em Los Angeles. Ele tinha 47 anos.

Gordon foi responsável por negociar a venda da Getty Oil, negócio da família, logo após a morte do pai em 1976.

A estimativa é que o patrimônio líquido de Gordon supere US$ 2 bilhões. Entre seus negócios está a vinícola PlumpJack, fundada em parceria com o governador da Califórnia Gavin Newsom em 1995

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel