Geral

Reuters. China: atividade industrial cai pelo quarto mês seguido

Reuters. Reportagem da agência Reuters diz que a atividade industrial na China recuou em agosto pelo quarto mês consecutivo, à medida que os Estados Unidos ampliaram a pressão industrial sobre o país e a demanda doméstica seguiu lenta. As expectativas são de que Pequim precisará promover estímulos mais rapidamente e de forma mais agressiva para enfrentar a maior desaceleração em décadas.

O Escritório Nacional de Estatísticas da China informou no sábado que o índice que mede a atividade industrial recuou de 49,7 em julho para 49,5, em agosto, abaixo da marca de 50 pontos — que separa crescimento de redução mês a mês.

Pesquisa da Reuters mostrou que analistas esperavam que o índice PMI de agosto permanecesse inalterado em relação ao mês anterior. O indicador oficial mostra que as tensões comerciais crescentes com os Estados Unidos e o arrefecimento da demanda global continuaram a causar estragos sobre os exportadores da China. Os pedidos de exportação caíram pelo 15º mês consecutivo em agosto, embora em um ritmo mais lento.