Economia

Retorno do investimento valia o ágio, diz presidente da Rumo

Ao comentar o ágio expressivo pago no certame da Ferrovia Norte-Sul, encerrado nesta quinta-feira, 28, Julio Fontana, presidente da Rumo, afirmou julgar que pelo retorno do investimento valia a pena praticar tal ágio. “Esperamos ter retorno do investimento no curto espaço de tempo.”

Questionado sobre os investimentos necessários para terminar alguns trechos da ferrovia o executivo afirmou ter planos de negócios baseado nas premissas da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a conta com estudos da companhia. “Consideramos que os riscos são menores que as vantagens”, disse.

Com relação aos problemas de origem técnica e de projeto envolvendo o projeto e os investimentos exigidos, Fontana observou que não existe diferença de bitola em toda a Norte-Sul.

“Ela é toda em bitola larga que tem sinergia na confluência com a malha paulista, que é nossa malha. Precisamos concluir construção da ferrovia. Olhar os pontos em que houve problema de construção (apontados pelo TCU), fazer correções e tocar a vida”, afirmou ele, durante coletiva de imprensa após o leilão, realizado na bolsa paulista.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago