Giro

Retorno do Ibovespa de 8,57% em maio é o melhor desde 2009, diz Economatica

Crédito: Divulgação/Economatica

Mesmo com o impacto da pandemia de coronavírus, o Ibovespa registrou em maio a melhor taxa de retorno para o mês desde 2009.

Segundo levantamento da consultoria Economatica, o principal índice do mercado acionário de São Paulo registrou retorno de 8,57% no acumulado do mês passado.

Em maio de 2009, o percentual de retorno atingido pelo índice foi de 12,49%.

+ De olho no cenário político, Ibovespa realiza lucros e cai
+ Cenário externo positivo permite 2º dia consecutivo de alta do Ibovespa 

Para se ter noção, em maio de 2019, segundo a Economática, a taxa de retorno acumulada no mês foi de 0,70%.

De 2010 até 2018, todos os meses de maio apresentaram resultado negativo. O ano de 2012 apresentou a maior queda, de 11,86% no quinto mês.

No ranking dos principais índices acionários da América Latina e Estados Unidos, o Ibovespa apresentou o segundo melhor retorno em maio, atrás do S&P Merval, da Argentina, que avançou 15,52%.

Na terceira posição está o Nasdaq – Composite, dos EUA, com retorno de 6,75%.

Segundo a Economatica, as empresas brasileiras de capital aberto, negociadas na B3, ganharam R$ 231,9 bilhões em valor de mercado no mês de maio de 2020.

A Vale se destacou com o maior crescimento nominal, de R$ 41,7 bilhões, para R$ 271,8 bilhões no dia 29 de maio. No entanto, no acumulado do ano, a empresa ainda registra queda de R$ 1,4 bilhão.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança