Dinheiro em Ação

Resultado da Eletrobras recua 40%

Crédito: Mario Angelo

Depois de adiar a divulgação de seus resultados por duas vezes, a Eletrobras anunciou lucro líquido de R$ 6,4 bilhões em 2020, queda de 40,2% ante os R$ 10,7 bilhões registrados em 2019. O resultado foi prejudicado por diversos itens não recorrentes e ajustes contábeis. A estatal informou ainda que a geração de caixa operacional medida pelo Ebitda foi de R$ 14 bilhões, alta de 6,1% ante os R$ 13,2 bilhões de 2019. No último trimestre de 2020, a receita bruta consolidada foi de R$ 10,6 bilhões, avançando 14,6% na comparação a igual período do ano anterior. Desse montante, aproximadamente 58% vieram do segmento de geração, 39% da transmissão e 2% de outras receitas. A companhia ainda apresentou um lucro líquido de R$ 1,3 bilhão, queda de 44% na comparação anual e reduziu sua dívida, aumentando sua geração de caixa. Seu índice de alavancagem (dívida líquida sobre Ebitda) permaneceu em 1,5x devido à redução dos investimentos. Em 2020 foram executados apenas 59% do previsto. Diante disso, a companhia aprovou a distribuição de R$ 1,5 bilhão de dividendos, equivalente a 25% do lucro do exercício.

CONSTRUÇÃO
Bons números da Cyrela 

Romeo Campos

A Cyrela lucrou R$ 261 milhões no quarto trimestre do ano passado, alta de 75,1% em comparação com o mesmo período de 2019 e 14,5% acima do consenso de mercado. No acumulado do ano, o lucro foi de R$ 1,76 bilhão, alta de 323% em relação ao resultado de 2019. O lucro trimestral foi impulsionado pela venda de ações remanescentes das ofertas da Cury e da Plano & Plano, que renderam R$ 48 milhões.`

SAÚDE
Receita da Hapvida cresce; lucro,
nem tanto

Em seu provável último balanço anual divulgado separadamente da NotreDame Intermédica, a Hapvida informou uma receita líquida de R$ 2,27 bilhões no quarto trimestre, representando crescimento de 27,3% em relação ao mesmo período de 2019. A receita foi estimulada pelas aquisições dos hospitais Medical e Grupo São José, concluídas no período. O número total de beneficiários dos planos de saúde cresceu 6,6% sobre 2019, para 3,7 milhões de clientes. Nos planos odontológicos o crescimento foi de 4,0%, para 2,9 milhões de clientes. A geração de caixa medida pelo Ebitda atingiu R$ 432 milhões, 15,2% acima do mesmo trimestre de 2019. O lucro líquido ajustado foi para R$ 282 milhões, alta de 2,1% ante o ano passado.

VAREJO
Alta nas ações do GPA

Entre os pregões da quinta-feira (18) e da terça-feira (23), as ações do Pão de Açúcar acumularam alta de 17,8%. No acumulado de março, a elevação é de 23,3%. O que tem puxado as cotações são rumores não confirmados de que o controlador francês Casino poderia vender ativos, entre eles as operações brasileiras. Consultado, o Pão de Açúcar informou ignorar as razões para a alta.

QUEM VEM LÁ
Log CP prepara nova oferta

Divulgação

A Log Commercial Properties fará uma oferta primária de 16 milhões de novas ações para financiar o seu plano de expansão. A oferta será restrita aos investidores profissionais e institucionais. Se houver demanda, poderão ser oferecidas mais 5,6 milhões de ações (35% da oferta inicial). Considerando-se o fechamento da segunda-feira (22), a R$ 31,31 por ação, a oferta poderá levantar de R$ 501 milhões até
R$ 676 milhões. A apresentação iniciou-se na segunda-feira (22) e as ofertas seguiriam até sexta-feira (26), com fixação de preço na quarta-feira (31). Poderão exercer o direito de prioridade na oferta os acionistas com posição nas duas datas de corte (19 e 26 de março).

A Log vem surfando a onda de maior necessidade por infraestrutura no e-commerce brasileiro, com as grandes varejistas demandando cada vez mais agilidade e capilaridade nas entregas.

RESULTADOS
Tons vermelhos no balanço da Marisa

A varejista Lojas Marisa apresentou um prejuízo líquido de R$ 28,9 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo lucro de R$ 32,7 milhões registrado no mesmo período de 2019. Segundo a empresa, a deterioração do resultado deveu-se ao impacto das medidas de restrição sobre as vendas. O faturamento da empresa no trimestre foi de R$ 769,2 milhões, queda de 14,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. O desempenho ruim de dezembro eclipsou o crescimento nas vendas registrado em outubro e novembro.

A receita com as atividades de varejo caiu 7,2% no período devido à redução do número de clientes nas lojas e a receita com produtos e serviços financeiros recuou 40,4%.