Giro

Reservatórios do São Francisco estão cheios, informa ANA


A partir desta quarta-feira (1º), a usina hidrelétrica de Sobradinho, interior da Bahia, começa operar sem limite máximo para liberação de água. Segundo divulgado pela Agência Nacional de Água (ANA), é a primeira vez que isso ocorre num mês de abril desde 2013, “quando começaram as medidas para recuperação do seu volume em virtude da seca” no Nordeste.

Conforme a ANA, é a primeira vez desde 1º de maio de 2019 que o reservatório da usina, o maior formado com as águas do Rio São Francisco, entra na faixa de operação normal, ou seja, tem um volume satisfatório de água. 

A disponibilidade da água é resultado das chuvas dos últimos meses e a operação dos reservatórios do rio São Francisco que “permitiram a recuperação do armazenamento de Sobradinho, superando o volume útil de 60%”, descreve nota da Agência. Com isso a região do chamado Baixo São Francisco, entre Alagoas e Sergipe, poderá receber mais água.

Próximo às nascentes do Rio São Francisco, o reservatório de Três Marias, no interior de Minas Gerais, também teve “recuperação expressiva de seu armazenamento” e atingiu em 29 de março quase 100% do volume útil. “Por isso, a hidrelétrica precisou abrir os vertedouros”, assinalou nota da agência reguladora.