Requinte à beira-mar

Requinte à beira-mar

Aberto em janeiro em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, o restaurante Crudo é a aposta do grupo brasileiro Fasano. O cardápio de 30 pratos une elementos clássicos da cozinha italiana com pescados locais. Dentre os destaques estão o tartar de salmão com avocado, por R$ 89, e as vieiras ao molho de saquê (foto), por R$ 69.

(Nota publicada na Edição 1058 da Revista Dinheiro)

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança


Mais posts

O Fusca de US$ 290 mil

Já pensou em desembolsar quase US$ 300 mil por um Fusquinha com 56 anos de vida? Saiba que tem muita gente querendo. No site da [...]

Um Tarsila à venda

O ano era 1923. A pintora paulista Tarsila do Amaral estava curtindo uma temporada em Paris, ao lado do namorado, o escritor Oswald de [...]

O Lamborghini das águas

Fabricante de supercarros adorados em todo o planeta, a Lamborghini resolveu se aventurar na água. A companhia anunciou seu mais novo [...]

Com cheirinho de Prada

Indiscutivelmente uma das grifes de luxo mais respeitadas do mundo, a italiana Prada há muito expandiu seus limites para além das [...]

Monopusher Chronograph

Essas duas peças pertencem à mesma série, a Monopusher 1858, um dos pilares técnicos da marca. O nome remete ao fato de ambos possuírem [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.