Política

Reprovação de Jair Bolsonaro atinge novo recorde, aponta Datafolha

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

A reprovação ao presidente Jair Bolsonaro segue em tendência de alta e atingiu o pior índice de seu mandato, conforme pesquisa do Datafolha (Crédito: Arquivo/Agência Brasil )

A reprovação ao presidente Jair Bolsonaro segue em tendência de alta e atingiu o pior índice de seu mandato com 53%, conforme pesquisa do Datafolha divulgada nesta quinta-feira (16). Na última pesquisa realizada em julho, o índice de reprovação era de 51%.

O índice de reprovação do presidente vem em uma escalada desde o início deste ano. Depois de atingir o menor percentual de reprovação em dezembro (29%) dos entrevistados pelo Datafolha, o índice não parou de subir – 40% em janeiro, 44% em março e 45% em maio.

+ Juristas apontam 7 crimes de Bolsonaro na pandemia e CPI deve denunciar presidente ao TPI

Na outra ponta, a pesquisa mostra ainda que o presidente é avaliado como bom ou ótimo por 22%, na sondagem anterior o índice era 24% e já indicava o pior resultado de seu mandato. O consideram regular 24%, mesmo percentual de julho.



O levantamento foi realizado entre os dias 13 a 15 de setembro, quando o instituto ouviu presencialmente 3.667 pessoas com mais de 16 anos, em 190 municípios de todo o país. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km