Economia

Reprovação de contas de prefeituras paulistas dobrou em quatro anos, aponta TCE

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) de São Paulo divulgou nesta terça-feira, 19, levantamento apontando crescente índice de reprovação nas contas dos municípios paulistas. Segundo o balanço, em um período de quatro anos – entre os anos de 2013 a 2016 -, a emissão de pareceres pela desaprovação das contas dos prefeitos cresceu em 120%.

Em 2013, um porcentual de 18% das prefeituras tiveram suas contas reprovadas pela Corte de Contas. Em 2016, último ano de mandato dos gestores, 264 prefeitos – um total de 41% – teve suas prestações de contas rejeitadas pelo TCE.

Lei de Responsabilidade Fiscal

No exercício consolidado relativo ao ano-fiscal de 2016 – o último ano da gestão dos prefeitos -, 41% das prefeituras paulistas tiveram seus balancetes fiscais reprovados pelos conselheiros da Corte de Contas paulista.



Em 2016, das 644 contas municipais analisadas no período, 59% das Prefeituras (380) receberam pareceres favoráveis e 264 delas, um porcentual de 41%, tiveram suas contas desaprovadas pelo TCE.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km