Economia

Rejeições no PIX no dia 16 foram em torno de 7%, diz presidente do BC

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta terça-feira, 17, que em torno de 7% das operações realizadas na segunda-feira, 16, com o PIX – o sistema brasileiro de pagamentos instantâneos – foram rejeitadas. Ainda assim, ele afirmou que o sistema como um todo funcionou e que o porcentual não está fora do esperado.

“Começamos o PIX ontem, com um volume enorme de transações. Tivemos algumas transações que foram rejeitadas”, comentou ele. “O primeiro dia foi espetacular, foi melhor que esperávamos.”

Ao tratar das iniciativas do BC na área de tecnologia, Campos Neto afirmou que o open banking – sistema de compartilhamento de dados de clientes, previsto ainda para 2020 – também vai contribuir para a modernização do sistema financeiro.

“Teremos uma recuperação da crise que será mais calcada na tecnologia”, afirmou Campos Neto, em referência ao pós-pandemia. “Haverá crescimento mais sustentável e inclusivo.” Ao tratar da inclusão, Campos Neto pontuou que, atualmente, grande parte dos países está discutindo a adoção de programas de renda básica ou de imposto de renda negativo.



O presidente do BC participou nesta manhã do “10º Congresso Internacional de Gestão de Riscos 2020”, organizado pela Febraban.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

BC ES PIX rejeição