Economia

Reino Unido quer livre comércio de bens com UE e acordos com outras nações

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, defendeu nesta segunda-feira sua estratégia para a saída do país da União Europeia, o chamado Brexit. Em discurso em uma feira do setor de aviação, May enfatizou que ela deseja manter uma relação próxima com os países do bloco, sem abrir mão de oportunidades com outras partes do mundo.

Pela proposta britânica, o Reino Unido quer um acordo de livre comércio no setor de mercadorias, porém sem amarras para buscar outros acordos pelo mundo. Segundo a premiê, o Reino Unido pretende retomar o controle de suas fronteiras, do Judiciário e de seu orçamento. “Mas faremos isso de maneira que seja bom para os negócios e bom para nossa prosperidade futura”, comentou.

Além de desejar livre comércio em bens, o Reino Unido diz que pode continuar a integrar agências da UE, entre elas as que regulam os setores aeroespacial e de medicamentos, disse May.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?