Meio ambiente

Reino Unido fixa 2050 para emissão zero de carbono

Reino Unido fixa 2050 para emissão zero de carbono

(Maio) Estudantes e defensores do clima manifestam-se no centro de Londres pedindo ações contra as mudanças climáticas - AFP/Arquivos

O governo britânico apresentou nesta quarta-feira uma legislação para reduzir a zero até 2050 as emissões de gases do efeito estufa, elevando a meta traçada para o ano citado, que era de 80% em relação às emissões de 1990.

O objetivo será introduzido nas leis existentes sobre a mudança climática através de um mecanismo acelerado, segundo um comunicado do governo.

O princípio da neutralidade do carbono se refere a emissão de gases de efeito estufa no mesmo nível de capacidade de absorção através das florestas.

“Alcançar a neutralidade do carbono em 2050 é um objetivo ambicioso, mas é crucial que o seja alcançado para garantir a proteção do nosso planeta para as gerações futuras”, disse a primeira-ministra, Theresa May, citada no comunicado.

A medida foi aplaudida pelos ecologistas do Greenpeace, que a classificaram de “grande momento para todos no movimento climático”.

Outros países também fixaram o objetivo alcançar a neutralidade de carbono, em longo e médio prazo. Um exemplo é a Noruega, que tem como objetivo 2030.

A União Europeia se comprometeu a reduzir suas emissões em 40% para 2030, em relação ao nível de 1990, ano tomado como referência, mas o Parlamento Europeu pediu que este objetivo se eleve a 55%.