Giro

Leilão do ‘Rei do Bitcoin’ tem carros de luxo e bolsas de grife

Crédito: Polícia Federal/Divulgação

Os carros do Rei do Bitcoin: esse Lamborghini não vai a Leilão, já faz parte da frota de carros da Polícia Federal (Crédito: Polícia Federal/Divulgação)

A Kronberg Leilões realizará o leilão dos bens de Cláudio José de Oliveira, mais conhecido como “Rei do Bitcoin”, na segunda-feira (13), às 17h. Entre carros, bolsas de grife e outros itens, o valor estimado dos bens chega a cerca de R$ 1,5 milhão.



É possível participar do leilão por meio do site da leiloeira (www.kronbergleiloes.com.br), cadastrando login e senha, observadas as regras previstas no referido site. O Porsche Panamera 2017 pode ser o item mais desejado do leilão. Seu lance inicial é de R$ 505.800,00. Outros veículos também estarão disponíveis para lances, como as BMWs X5 (2017), 750i (2014) e X3 (2015), além de um Honda HR-V (2018).

+Leilão online de carros de luxo tem Porsche, Audi e Camaro

Todos os veículos presentes no leilão do Rei do Bitcoin constam como: “Em regular estado, com boa aparência, com alguns riscos e avarias”. Confira, abaixo, o valor inicial de cada veículo:

  • BMW X5 M – Ano de Fabricação/Modelo: 2017 / 2018 – Lance Inicial (valor de avaliação): R$ 322.800,00
  • PORSCHE PANAMERA 4EHYB – Ano de Fabricação/Modelo: 2017 / 2018 – Lance Inicial (valor de avaliação): R$ 505.800,00
  • BMW 750I YA81 – Ano de Fabricação/Modelo: 2014 / 2015 – Lance Inicial (valor de avaliação): R$ 231.300,00
  • BMW/X3 XDRIVE35I – Ano de Fabricação/Modelo: 2015 / 2016 – Lance Inicial (valor de avaliação): R$ 109.100,00
  • HONDA/HR-V TOURING – Ano de Fabricação/Modelo: 2018 / 2018 – Lance Inicial (valor de avaliação): R$ 140.500,00

No leilão de bens da massa falida da Bitcurrency Moedas Digitais S.A, serão aceitos apenas pagamentos à vista, não sendo admitido o parcelamento, de acordo com o edital do leilão. Um outro carro, ainda mais luxuoso do Rei do Bitcoin, uma Lamborghini avaliada em mais de R$ 800 mil, não está disponível no leilão. Entretanto o veículo faz parte da frota de carros da Polícia Federal.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



Além dos carros, são mais de 45 itens, entre bolsas e carteiras de marcas luxuosas, como Prada, Chanel, Gucci, Christian Dior e Louis Vuitton. Os valores iniciais desses itens de luxo variam entre R$ 800 e R$ 5 mil.

Quem é o Rei do Bitcoin e qual o motivo de sua prisão?

O Rei do Bitcoin, Cláudio Oliveira, é responsável por um esquema fraudulento do tipo “pirâmide financeira”. Oliveira foi preso no dia 5 de julho deste ano. Em agosto, a Polícia Federal o indiciou por crimes contra o sistema financeiro nacional, estelionato, crimes contra a economia popular e formação de organização criminosa.

Por meio do “Grupo Bitcoin”, nome fantasia da Bitcurrency Moedas Digitais, Oliveira é acusado de lesar milhares de clientes, por um período de quatro anos, prometendo retornos irreais com criptomoedas. O esquema de pirâmide financeira do Rei do Bitcoin é estimado em R$ 1,5 bilhão, segundo informações da Polícia Federal. A apuração do caso, conhecida como “Operação Daemon”, começou em meados de 2019, quando clientes começaram a reclamar que não tinha mais acesso a suas contas no Grupo Bitcoin Banco.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto