Giro

Região metropolitana do Rio teve 20 crianças baleadas somente este ano

Um levantamento da plataforma Fogo Cruzado apontou que este ano 20 crianças com até 12 anos foram baleadas na região metropolitana do Rio, das quais 11 durante operações policiais. Cinco dessas crianças acabaram morrendo.

No mesmo período do ano passado, o número de crianças baleadas foi um pouco maior (21). O total de óbitos, porém, ficou abaixo do registrado este ano, três.

Segundo os números divulgados neste sábado, 12, data em que se comemora o Dia da Criança, em 2019 um total de 14 foram atingidas por balas perdidas. Quatro delas foram baleadas dentro de casa, e outras duas quando iam ou voltavam da escola.

O Rio de Janeiro foi o município da região metropolitana com o maior número de vítimas (14), seguido por São Gonçalo (2), Maricá, Magé, Itaboraí e Duque de Caxias, com um caso cada.

Um dos casos com maior repercussão neste ano foi o assassinato da menina Ágatha Felix, de 8 anos, morta dentro de uma Kombi, atingida por um disparo de fuzil durante ação da Polícia Militar do Rio de Janeiro no Complexo do Alemão.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel